A conjuntura que afectou o Ocidente, em especial as nações europeias periféricas, veio complicar a vida dos cidadãos e revelar claras fragilidades das economias nacionais que não conseguem responder a uma globalização há muito instalada. Contudo, a força de vontade dos povos, nomeadamente a capacidade de adaptação dos portugueses, impele-os a ultrapassarem as adversidades através da busca de soluções alternativas para “dar a volta por cima” e vencer os obstáculos com que se deparam.

O modo lusitano de encarar as dificuldades revelou-se já em diversas ocasiões bastante útil e num período em que o país vive um dos maiores aumentos do custo de vida (que era por seu turno um dos mais elevados da OCDE mesmo antes da “crise”) a urgência de encontrar caminhos diferentes aplica-se a todos os âmbitos do quotidiano. As formas de obter o descanso desejado não são, por isso, excepção, o que significa ter de adequar as férias à brusca (e imposta) redução do poder de compra.

Face à nova realidade os portugueses não hesitaram e passaram a favorecer um turismo alternativo aos segmentos regulares e de luxo, o turismo low cost. Quer isto dizer que as férias baratas ganharam uma importância suplementar como nunca se havia verificado em Portugal e são agora as eleitas dos cidadãos lusos. Esta não é uma mera ideia e prova disso é a considerável melhoria dos resultados das companhias de baixo custo presentes no sector português e que em 2010 alcançaram lucros em média 40 por cento superiores aos obtidos no ano transacto.

Se este não é o seu caso mas pensa fazer parte dos turistas que gostam de usufruir das suas férias sem gastarem “rios” de dinheiro sugerimos-lhe agora uma série de conselhos para encontrar viagens baratas, revelando-lhe assim os segredos que lhe podem garantir o negócio certeiro, ou seja, aquele que combina na perfeição as férias desejadas com o preço mais acessível.

Dicas para encontrar viagens baratas

  • Esqueça todos os mitos que se divulgam acerca das férias baratas e voos low cost, pois é muito provável que sejam apenas isso, uma lenda. Histórias como os melhores preços são disponibilizados em horário nocturno, as companhias aéreas acessíveis são sempre as mais económicas ou em certas datas nunca se vai conseguir um bilhete acessível são ideias erradas. Existem casos em que tal poderá coincidir com a realidade mas nunca se podem generalizar concepções desta natureza, até porque num mercado extremamente competitivo como o actual há que mudar hábitos para atrair clientes, uma vez que estes pretendem o melhor negócio e não hesitam na hora de adquirir o que lhes parece mais vantajoso;
  • Pesquise, pesquise e pesquise novamente. Não há nada melhor para encontrar viagens baratas do que consultar regularmente os sites das agências de viagens e das companhias aéreas. Registe-se em diversas páginas, indique quais as suas preferências de destinos (que podem ser alterados a qualquer momento) e receba comodamente no seu e-mail todas as promoções existentes para esses locais antes de os bilhetes estarem disponíveis online para todos os visitantes. Seja inteligente, permaneça atento e verá que compensa bastante esperar pela promoção certa;
  • Tente ser flexível nas datas, horas e extras das viagens. É verdade que nem todas as pessoas têm a possibilidade de gozar o merecido descanso quando mais lhes convém mas se tiver essa oportunidade é uma vantagem a seu favor. Quanto menos rígido for relativamente àqueles três aspectos melhores serão as hipóteses de conseguir a viagem que pretende a um preço acessível. Tudo depende do que está disposto a abdicar para alcançar um bom negócio. As cedências fazem parte da obtenção do contrato ideal;
  • Cuidado com as taxas cobradas pelas empresas, uma vez que o valor final a pagar está bastante ligado a estes detalhes que escapam a muitas pessoas. As limitações impostas à partida incluem a hipótese de as ultrapassar mas isso implicará desembolsar quantias pouco generosas, pelo que é necessária atenção às condições aduaneiras como o peso máximo das malas, tamanho limite das bagagens e afins. Os pormenores devem ser bem analisados e nada pode ser descurado, pois é da soma de todas as partes que se extraem os prós e contras de qualquer negócio. Isoladamente um componente pode parecer uma excelente alternativa, porém, é perante o conjunto que se avaliam as propostas.
Booking.com