As alternativas para quem gosta de viajar ou pretende apenas dar uma “escapadinha” em período de férias são variadíssimas e bastante multidisciplinares, adaptando-se, por isso, a todos os gostos, inclusive as preferências dos mais exigentes. A escolha será, então, ditada pela preferência no momento da escolha e pelo que se deseja atingir nesses dias de descanso, mais do que qualquer outro aspecto.

Os cruzeiros são neste particular uma opção extremamente válida e uma magnífica forma de escapar à rotina das suas viagens habituais. Tendo a “imensidão azul” como pano de fundo e a vida marítima por acompanhante, os itinerários à tona da água apresentam vantagens muito próprias, nomeadamente no que respeita ao relaxamento e fuga prática ao stress e azáfama do dia-a-dia, algo de que dificilmente se conseguiria afastar, mesmo nos locais mais recônditos em terra firme.

Seja para uns dias em absoluto sossego ou divertimento em família, os cruzeiros são uma alternativa óptima quando deles se pode usufruir, o que agora já é uma realidade com as recentes propostas low cost, cuja existência abriu oportunidades para que pessoas anteriormente impedidas de os experimentarem – sobretudo por motivos económicos – pudessem também beneficiar deste género de transporte muito particular.

Quem teve ocasião de confirmar todos os atractivos dos cruzeiros sabe do que se trata quando se fala em mordomias em alto mar, mas se ainda não fez parte desse lote de pessoas não se detenha. Procure a rota que lhe suscite mais curiosidade ou um itinerário com preço em conta para si e deixe-se levar pelas maravilhas que os cruzeiros têm para oferecer aos seus passageiros.

Ideal para quem não está disposto abdicar das comodidades, o “rei” turismo marítimo é uma alternativa indicada, não deixando os seus créditos por mãos alheias, mesmo nas situações mais exigentes. Aliás, os paquetes são considerados os meios de transporte mais luxuosos da actualidade, bem acima de toda a gama de limusinas, comboios cinco estrelas e “mega aviões”. Nenhum destes veículos (ou qualquer outro) atinge a elevada qualidade que caracteriza os cruzeiros e raros são os casos em que se pode dizer mal de um período de férias passado nesta criação náutica de valor da mente humana.

São centenas os paquetes que viajam por esses oceanos, a maioria dos quais verdadeiros hotéis supra-luxuosos com tudo aquilo que se necessita e muito mais. Desde boa comida e bebida a quartos construídos ao detalhe, enormes salões para distintas actividades e outras tantas zonas de lazer, os cruzeiros têm resposta para todo o género de clientes, os mais exigentes incluídos. Nada lhes faltará e certamente que a satisfação não será um problema. O maior problema acabará eventualmente por surgir aquando da selecção de entre a quantidade e qualidade do que se tem para usufruir ao longo do cruzeiro.

Livres da preocupação e do aborrecimento que é ter de fazer e desfazer as malas vezes sem conta, aos passageiros dos paquetes basta-lhes levar a cabo essa tarefa no princípio e no fim da viagem, nada mais. Depois de toda a bagagem colocada no local certo basta tirar o melhor partido do cruzeiro e desfrutar dos prazeres à distância da aceitação. Sem constrangimentos, apreensão ou tensão. Descontracção é a palavra de ordem.

Booking.com